Sexualidade na Terceira Idade

2 Flares Twitter 0 Facebook 1 Google+ 0 LinkedIn 1 Pin It Share 0 Filament.io 2 Flares ×

Envelhecer é a arte de vivenciar as diversas fases propostas pelo o senhor tempo. Excessivamente, ser idoso pode ser exemplo de sabedoria e experiência para todos. Nas sociedades africanas os idosos são muito respeitados, sendo visto com o ancião, aqueles que transferem todo o saber de seus ancestrais (engendrando as raízes dos antepassados).

 

Em contrapartida, nas sociedades ocidentais, devido ao aumento da esperança média de vida, os idosos estão sendo associados aos conceitos como: inatividade, doença, demência, as sexualidade…

 

O envelhecimento é um processo indutivo de várias mudanças no indivíduo,na parte física, mental e social. Estas mudanças tendem a afetar a expressão da sexualidade; mas não elimina a sexualidade propriamente dita.

 

A sexualidade envolve muito mais do que sexo, de forma complexa. Pode-se afirmar que sexualidade é amor, carinho, sensualidade, fantasia e inteligência. Quando analisamos os nossos idosos, percebemos que a mesma vivencia de forma coerente todos os conceitos citados anteriormente com maior intensidade.

 

É preciso rever os conceitos e tabus construídos ao longo dos séculos.Relativamente à sexualidade, não está de modo algum comprovada que está termine na terceira idade, pelo contrário ela se inicia.
Precisamos discutir mais a respeito de tal temática.

 

Diferente expressão considerável mostrada por alguns escritores é o tédio e uniformidade sexual. A sexualidade não se pode circunscrever ao contato de um pênis e uma vagina, o sexo pode ser o resultado de vários estímulos efetivos.

 

A vida sexual altera-se frequentemente ao alongado de todo o crescimento individual, porém só desaparece com a morte.Portanto é que visível que envelhecer não é uma doença e sim um processo
onde se acumula a experiência.

No entanto quem envelhece tem os mesmo direitos de viver e gozar de uma vida complexa e humana; desfrutando de todos os sabores que a vida há de oferecer.

 

No século XXI notamos que os idosos vivenciam a sexualidade de forma
plena, a melhor qualidade de vida e os avanços na medicina trouxeram um cenário novo para o Brasil o aumento do número de idosos, que já representam 15,5% da população do país. São aproximadamente 23,5 milhões de pessoas com idade acima de 60 anos segundo dados do IBGE. E uns dos principais avanços estão relacionados à sexualidade dessas pessoas.

 

Como discursivamente diz a nossa grande cantora “Rita Lee”. sexo é animal, carnaval, pagão.
O sexo é de extrema importância na vida humana, mas é algo passageiro, carnal, momentâneo e até banal; mas quando falamos de sexualidade não devemos relacionar somente com o contexto envolvendo sexo, precisamos rever e analisar os conceitos observando as suas diversas ramificações.

Sexualidade na Terceira Idade

Em suma, para concluir está análise afirmo que a sexualidade na terceira idade é igual ou até melhor do que na juventude. A arte de viver nos ensinar a viver as diversas fases e momentos de uma existência; onde aprendemos a observar e absorver de forma positiva os momentos que nos resta.
Conclusão, sexo não tem época

2 Flares Twitter 0 Facebook 1 Google+ 0 LinkedIn 1 Pin It Share 0 Filament.io 2 Flares ×

Comments

  1. Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *